O que faz com que um tecido tenha qualidade?

0

Trabalha com um tecido de qualidade é o mínimo que você pode oferecer a seus consumidores.  Na hora de como escolher um tecido, é importante observar com cuidado se existem irregularidades de tecelagem ou então de tingimento. Experimente colocar o tecido contra a luz, pois a claridade muda a tonalidade. Observe se as fibras se soltam ou embolam. Verifique o comportamento da peça após seu manuseio.

Na hora de escolher, leve em conta as diferentes  estações do ano em que será usada a roupa. Roupas para o verão devem ser feitas com algodão, viscose, seda, crepes, cetim de algodão e malhas. As fibras desses tecidos são finas, a trama é leve, o que permite a passagem do ar e absorção do suor. Tecidos com isolamento térmico, como as lãs e a gabardine, devem ser utilizados em tempos mais frios. Já as fibras artificiais, como viscose, nylon, poliéster, acetato e acrílico secam rápido e não amassam tanto, mas infelizmente não deixam o corpo transpirar direito e por isso dão mais cheiro

Falando um pouco de roupa feitas em tecidos naturais são a durabilidade, a resistência, o toque e o fato delas serem “respiráveis”, ou seja, mais frescas do que as roupas feitas em tecido sintético. A desvantagem é que, geralmente peças feitas de tecido natural, são mais caras, amassam e podem desbotar com o passar do tempo

Já ambientes formais pedem tecidos de alfaiataria como lã fria e tropical, sarja acetinada, tricolone e cambraia. Se o assunto for roupas para festa, o tecido ideal é o cetim sem elastano para vestidos mais soltinhos e cetim com elastano para vestidos mais ajustados. Seda, renda, crepe, tafetá são exemplos de tecidos para essa ocasião.


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook