Uniforme para criança é bom ou não?

0

444

O uso de uniformes é uma questão que gera polêmica até mesmo entre adultos, funcionários de uma empresa, então imagine a discussão que acontece quando eles são impostos às crianças?

De um lado, especialistas e pais que defendem a liberdade dos seus filhos se expressarem como quiserem, do outro, profissionais da educação e mais especialistas que defendem o uso da vestimenta, mas qual lado pode estar certo? Vamos analisar:

A infância é a primeira fase de desenvolvimento humano. É nela que aprendemos nossas linguagem natal e compreendemos uma série de comportamentos que terão influência direta em nossa personalidade. Ainda assim, desde cedo podemos apresentar alguns impulsos de personalidade, e o uniforme é visto como um freio dessa necessidade natural de se mostrar como deseja.

Contudo, os defensores da peça de vestuário implicam que o uniforme vai além da estética e fornece proteção ao aluno. Por exemplo, durante uma excursão da escola ou uma recriação fora do prédio escolar, o aluno pode ser identificado em caso de incidentes por conta do uniforme. Mas será que não há meio termo nessa discussão? Será que ambos os lados nunca chegarão a um consenso? Vamos refletir:

Os impulsos naturais de personalidade devem ser respeitados, sem que sejam podados ou reprimidos. Ao mesmo tempo, prezar pela seguranças das crianças é fundamental em qualquer escola. Mas o que as crianças acham disso tudo?

Muitas delas sequer pensam no uniforme como uma obrigação, algumas inclusive se divertem na hora de se vestir para a escola, colocando a roupa recomendada. É um quadro muito diferente do que muitos adultos pensam, onde a criança não se sente reprimida. Talvez devêssemos ouvir mais o que elas têm a dizer sobre o que sentem, não é mesmo?


Precisa confeccionar uniforme e não sabe onde encontrar nomes de tecidos para uniformes? Procure a JK Tecidos. Temos o melhor serviço esperando por você. Aproveite!


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook