Dicas para abrir sua própria confecção!

0

Abrir uma confecção de roupas é um jeito muito bacana de ganhar dinheiro, já que o consumo é certo. Além de contratar costureiras ou se for trabalhar sozinho, você como proprietário irá criar, fabricar e vender roupas que devem ser expostas em seu próprio comércio, caso possua um estabelecimento físico para tal, assim como também pode ser exposta em lojas pertencentes aos seus amigos, colegas ou contatos estritamente profissionais. Ou seja, neste ramo de atuação você será o fornecedor do produto e responsável por abastecer outras lojas, mesmo que, hoje em dia, várias confecções já possuam a própria loja diretamente ligada à marca de produção, expandindo os negócios.

Lembre-se de escolher qual será o segmento que sua marca de roupas irá se encaixar. Defina se quer roupas para crianças, adolescentes ou adultos. Depois se para homem, mulher ou ambos os sexos. Em seguida se blusas, calças, vestidos ou tudo junto. Para definir os tipos de peças a serem confeccionadas é preciso uma boa análise do perfil do cliente. Depois disso, você precisará ir atras de um bom fornecedor de tecidos. Ao consultar um profissional na hora de comprar tecidos, a dica é focar na qualidade e no rendimento. Existem muitos tecidos de diversas formas, estampas e cores. A principal matéria-prima do tecido de linho é a fibra de planta herbácea chamada de Linum Usitatissimum, por exemplo. As qualidades encontradas no tecido devem-se a fibra que possui resistência e eficaz absorção. Você poderá comprar diretamente da fábrica ou se preferir em grandes quantidades, opte pela compra no formato de atacado, que consiste em grandes quantidades de itens com valores bem acessíveis.


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook